O primeiro volume do livro de memórias de Barack Obama vendeu 890.000 exemplares nos Estados Unidos e no Canadá nas primeiras 24 horas pós-lançamento, perto do recorde deste género de publicações na história recente.

As vendas do primeiro dia, um recorde da editora Crown Publishing Group, subsidiária da Penguin Random House, incluem reservas, e-books e áudio. “Estamos encantados com as vendas no primeiro dia”, disse David Drake, editor da Penguin Random House. “Refletem o grande entusiasmo que os leitores têm pelo livro e extraordinário, e há muito anunciado, de Barack Obama”.

O único livro de um antigo inquilino da Casa Branca que esteve próximo da façanha de “Uma terra prometida” (A Promise Land) são as memórias de Michelle Obama, a mulher do ex-Presidente, cujo “Becoming” vendeu 750.000 cópias na América do Norte no primeiro dia de lançamento em 2018, e já atingiu 10 milhões de exemplares à escala mundial. O livro de Michele continua a ser procurado e a Crown, que publica o livro dos dois Obama e que terá pagado cerca de 60 milhões de dólares [50,5 milhões de euros] pelos seus livros, ainda prepara uma edição de bolso.

Ao início da tarde de hoje, “A Promise Land” era número um de vendas na Amazon.com, e na Barnes & Noble.com. James Daunt, diretor executivo da Barnes & Noble, referiu à agência noticiosa Associated Press (AP) que a empresa vendeu via internet 50.000 exemplares no primeiro dia, e espera atingir 500.000 nos próximos dez dias. “Até agora, está lado a lado com o livro de Michele Obama”, disse.

Em comparação, “My Life” de Bill Clinton, vendeu cerca de 400.000 exemplares na América do Norte no seu primeiro dia, e “Decision Points” de George W. Bush perto de 220.000, com vendas de cada uma destas memórias a rondarem atualmente entre 3,5 e 4 milhões de exemplares.

“Harry Potter and the Deathly Hallows” a sétima e última novela da autoria de J.K. Rowling, mantém-se na linha da frente, ao vender oito milhões de cópias em 24 horas no primeiro dia do lançamento, em 2007.

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.