Príncipe Charles apoiou financeiramente Príncipe Harry e Meghan Markle após o casal deixar seus cargos como membros da família real britânica, segundo registros financeiros divulgados nesta quinta-feira, 24.

A Clarence House, que atua como escritório do Príncipe de Gales, divulgou suas contas financeiras cobrindo despesas feitas de 1º de abril de 2020 a 31 de março deste ano. No relatório, Príncipe Charles pagou aos filhos Príncipe William e Harry, junto com suas famílias, um total de US$ 6,3 milhões por suas “despesas oficiais”. No entanto, a soma exata que cada membro da família recebeu do total permanece incerta.

Durante a entrevista bombástica do casal no início deste ano com Oprah Winfrey, Harry explicou que ele foi “cortado financeiramente” por seu pai depois que eles se separaram da família real. Os dois anunciaram que abandonariam suas funções em janeiro de 2020 e oficialmente deixaram de ser membros ativos em março de 2020, pouco antes do início do novo ano fiscal.

No entanto, um porta-voz do duque e da duquesa de Sussex disse à Vanity Fair que era “incorreto sugerir uma contradição”.

“Os comentários do duque durante a entrevista de Oprah referiram-se ao primeiro trimestre do período de relatório fiscal no Reino Unido, que começa anualmente em abril”, disse o representante. “Esta é a mesma data em que o ‘ano de transição’ do acordo de Sandringham começou e está alinhado com o cronograma que a Clarence House fez referência”.

Os registros financeiros também revelaram que Príncipe Harry e Meghan ganharam US$ 3,3 milhões pelo aluguel da  Frogmore Cottage—a casa onde residiam com Archie, filho de 2 anos—em setembro de 2020. Embora o pagamento tenha sido feito muito depois do casal se mudar para a Califórnia em março de 2020, a residência continua licenciada para o casal até 31 de março de 2022.

Um porta-voz da Clarence House também confirmou à BBC que o apoio financeiro de príncipe Charles ao casal real cessou desde 2020. “Esse financiamento cessou no verão do ano passado”, disse ele. “O casal agora é independente financeiramente”.

Fonte: E!

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.