A cantora Britney Spears quer tomar medidas para que sua advogada, Jodi Montgomery, se torne sua tutora permanente, no lugar de seu pai.

Em um processo judicial ajuizado na última segunda-feira, a cantora solicitou que Jodi servisse como sua tutora permanente da pessoa e sucessora. Jodi, que trabalha como conservadora profissionalmente licenciada, interveio para substituir temporariamente o pai da estrela, Jamie Spears, nesse papel em setembro de 2019 devido aos problemas de saúde de Jamie.

No processo, Britney pede que Jamie, que foi nomeado co-tutor do patrimônio e pessoa de Britney em 2008, renuncie como tutor de sua pessoa. Ele pede que ele continue como co-tutor de seu patrimônio. A cantora também pede que ela tenha o direito de petição para o término da tutela como um todo. 

Segundo a petição, os poderes de Jodi incluem restringir e limitar convidados que não sejam o advogado de Britney, providenciar segurança e locação para tais encontros, supervisionar zeladores e guardas de segurança, processar ordens de restrição, comunicar-se com o médico pessoal sobre a saúde da estrela e ter acesso aos registros médicos. 

No início deste mês, o advogado do pai da artista divulgou uma declaração à revista People que dizia em parte: “Sempre que Britney quiser encerrar sua tutela, ela pode pedir a seu advogado para entrar com uma petição para encerrá-la; ela sempre teve esse direito, mas em 13 anos ela nunca o exerceu. Britney sabe que seu pai a ama, e que ele estará lá para ela quando e se ela precisar dele, assim como ele sempre esteve—com ou sem tutela”.

A tutela da cantora tem sido o assunto dos últimos meses, após o lançamento do documentário Framing Britney Spears no mês passado, que destacou o debate em curso sobre esta situação.

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.