A irmã de Cristiano Ronaldo foi infetada pelo novo coronavírus e está internada no Hospital Dr. Nélio Mendonça, no Funchal.

Depois de cumprir o isolamento em casa, Katia Aveiro piorou e foi-lhe diagnosticada uma pneumonia
​​

“Fui pega pelo maldito, desde o dia 17 de julho que estou positiva e estive em isolamento em casa e super bem, poucos sintomas mas mantendo o protocolo como mandam as regras. Todos em casa pegámos [apanhámos], menos a minha mãe (graças a Deus)”, informa a empresária.

Dolores, a matriarca do clã Aveiro, de 66 anos, escapou, mas a filha conta que piorou:

“Apanhei pneumonia fruto do maldito vírus, resumindo, veio o internamento e cá estou, a seguir tudo direitinho e a recuperar, graças a Deus e graças a este serviço do Sesaram (Hospital do Funchal)”.

“Não é um maldito vírus plantado na ganância deste mundo que me irá derrubar, e ironia do destino vim encontrá-lo neste meu cantinho do céu, que é a minha terra. É, minha gente, o exemplo que fica é que na vida o que temos de mais certo é o amor pelos nossos pelas nossas crenças e a vontade de ser feliz com eles e a fazer aquilo que a gente ama”, acrescenta a irmã de Cristiano Ronaldo, que vive no Brasil.

Katia garante que está “a reagir bem”.

“Tenho melhoras visíveis a cada dia que passa e o melhor de tudo estou a perder peso que já tinha ganho com estas férias turvas. Nem tudo pode ser mau. E a minha família está sempre cá para mim. De resto, darei sinal por aqui e só por mim na primeira pessoa”, sublinha.

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.