O ator Paul Ritter morreu nesta terça-feira aos 54 anos, em decorrência de um tumor no cérebro. A informação foi confirmada pelo agente do ator. 

Os trabalhos mais conhecidos de Ritter foram os papéis na minissérie “Chernobyl” (2019), onde interpretou o engenheiro Anatoly Dyatlov; e em “Harry Potter e o Enigma do Príncipe” (2009), onde viveu o bruxo Eldred Worple. 

“Ele morreu pacificamente em casa, com a mulher Polly e os filhos Frank e Noah ao seu lado. […] Paul era um ator excepcionalmente talentoso, que interpretou uma enorme variedade de papéis no palco e na tela, com extraordinária habilidade. Ele era ferozmente inteligente, gentil e muito engraçado. Vamos sentir sua falta enormemente”, disse o agente do ator ao portal Deadline.

Ritter também atuou em “O Libertino” (2004), “Hannibal: A Origem do Mal” (2007), “007: Quantum of Solace” (2008), “Wolf Hall” (2015), “Inferno” (2016) e “Belgravia” (2020).

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.