Artistas de Portugal e de mais oito países que tem o português como língua oficial se apresentam a partir dessa sexta-feira, no FestLip – Festival Internacional das Artes da Língua Portuguesa. Essa é a segunda edição do evento totalmente online que celebra a cultura desses países.

O homenageado deste ano é o cantor, compositor e escritor caboverdiano Mário Lúcio Sousa, premiado internacionalmente.  O artista abre o festival diretamente de sua terra natal, com um show ao vivo.

A produção teatral do artista também vai estar presente no festival. Atores da peça Os Dias de Birgitt, com texto assinado por Mario, vão conversar com o público ao vivo no dia da estreia do espetáculo, no domingo.

A curadora do FestLip, Tânia Pires, detalha algumas atrações do festival contando que haverá apresentações de artistas de vários países. E o diretor do coletivo Complexo Duplo, Felipe Vidal, conta que seu espetáculo Dois, é um experimento cênico online criado a partir de um álbum da banda Legião Urbana.

Na segunda-feira, um debate virtual vai reunir profissionais de diversos países para refletir sobre os desafios impostos pela pandemia da covid-19, expectativas sobre o “novo normal”, sobretudo a partir da questão da mobilidade.

Os sabores também marcam presença no FestLip. A Mostra Gourmet será transmitida ao vivo no encerramento do evento diretamente de Porto Seguro. A chef brasileira Helô Lima vai ensinar a preparar uma receita inédita da Feijoada d’Além Mar, com feijão branco, temperos trazidos das Índias pelos portugueses e uma mistura de sofisticados frutos do mar da Bahia.

O Festival Internacional das Artes da Língua Portuguesa pode ser acessado no canal do FestLip no Youtube e também pelo Facebook

A programação, de graça, começa na sexta-feira, às dez da noite (horário de Portugal) e vai até terça-feira. Mais informações em festlip.com.br.

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.