Em uma entrevista ao canal Talking Wax With Adika Live!, Gene Simmons aproveitou para criticar dois ex-parceiros de banda: o guitarrista Ace Frehley e o baterista Peter Criss. O baixista e vocalista disse que os músicos “continuam fazendo péssimas escolhas na carreira”.

Além disso, Simmons revelou as razões de Ace Frehley e Peter Criss não se envolverem no novo documentário do grupo, chamado Biography: Kisstory, que estreou em junho no canal A&E e foi uma das atrações principais no Tribeca Film Festival.

Segundo Gene, “Ace [Frehley] e Peter [Criss] foram as melhores coisas que aconteceram conosco no início da banda. Mas, eles fizeram péssimas escolhas em suas vidas e continuam fazendo escolhas realmente ruins, não apenas em termos saúde e o que eles ingerem, mas sobre escolhas de carreiras”.

Ele acrescentou: “Por exemplo, acabamos de fazer esse documentário e, é claro, sem nem mesmo pensar duas vezes entramos em contato com Ace e Peter dizendo: ‘Ei, venham e façam parte disso. Vocês ajudaram a criar a banda. Não há dúvida sobre isso.’”

Mas o convite não foi aceito. O vocalista ainda relatou que Frehley fez algumas exigências que não puderam ser atendidas para a produção do documentário: “Ace dizia: ‘Eu quero isso, eu quero aquilo, eu quero direitos de edição’, esse tipo de coisa. E Deus o ame, mas isso não iria acontecer. Eu não consegui esses direitos; eu só queria ter cautela ao fazer a coisa direito. Então, eles mal aparecem nele.”

Gene Simmons, Paul Stanley, Ace Frehley e Peter Criss fizeram a formação original do Kiss. O guitarrista deixou a banda em 1983 e retornou de 1996 a 2003. Já o baterista saiu em 1980 e voltou a tocar com o grupo de 1996 a 2005.

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.