Começa hoje o Festival de Cannes. Apesar das restrições sanitárias, esse ano o evento terá o maior número de filmes em sua mostra oficial em comparação com as últimas edições.

A Palma de Ouro será disputada por cineastas renomados, como o americano Wes Anderson, o holandês Paul Verhoeven, o iraniano Asghar Farhadie, e por diretores que já receberam o prêmio máximo em Cannes, como o italiano Nanni Moretti e o tailandês Apichatpong Weerasethakul.

O festival volta a ser realizado presencialmente. Ano passado o evento não foi realizado, devido à pandemia. Para esta edição, a organização confirmou a exibição de 24 filmes, rodados antes e durante a pandemia, o maior número dos últimos anos.

O evento começará com o primeiro filme em inglês do francês Leos Carax, um musical com o americano Adam Driver e a francesa Marion Cotillard.

O Festival concederá nesta terça-feira a Palma de Ouro honorária à atriz e diretora Jodie Foster, que compareceu a Cannes pela primeira vez ainda adolescente, há 45 anos, para apresentar “Taxi Driver”, de Martin Scorsese. Nele, contracenou com Robert De Niro.

Outro detalhe informado pela organização é que as celebridades poderão tirar a máscara e posar para as câmeras no tapete vermelho, mas a organização do festival estabeleceu estritas condições de acesso. Europeus vacinados, ou com imunidade natural, devem apresentar o documento de saúde reconhecido pela UE, enquanto os demais participantes devem ser submetidos a um teste de PCR a cada 48 horas. As salas não terão, no entanto, limite de capacidade.

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.