Kris Jenner nega as acusações de assédio sexual por parte de um segurança com quem trabalhou há 3 anos, em 2017. A mãe de Kim Kardashian diz que nem sequer tinha confiança suficiente com Marc McWilliams para deixá-lo entrar em sua casa e até recorda que estava insatisfeita com o seu trabalho.

Ela emitiu um comunicado, assinado pelo seu representante legal. 

“A Kris nega categoricamente ter algum dia agido de forma inapropriada com Marc McWilliams. O segurança trabalhava na área externa da casa e nunca entrou na casa de Kris. Ela teve pouquíssima interação com ele”, lê-se no comunicado.

Marc McWilliams afirma que Kris Jenner teve “comportamentos racistas, sexistas e sugestivos”, além de acusa-a de ter tecido comentários de cariz sexual e de o ter forçado ao contacto físico, nomeadamente através de massagens.

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.