Albano Fialho morreu aos 96 anos, vítima da covid-19. O apresentador homenageou-o nas redes sociais.

O apresentador anunciou no Instagram que o pai, que testou positivo à covid-19, morreu devido a complicações causadas pelo vírus.

“Há vários dias que este nó me apertava a garganta, me desfazia a esperança. O meu pai, o senhor Albano Fialho partiu. A covid desgastou o que os 96 anos ainda lhe permitiam”, referiu.

O comunicador recordou ainda o homem “íntegro, idóneo, zelador incansável do erário público, e eterno estudioso” que deixa “um legado jubiloso”.

“Será sempre meu guia, a minha voz da consciência que me admirava como qualquer outro pai. Mas este era o meu. Aquele que não suportava que tirasse uma folga, que não faltasse aos meus deveres profissionais, e que respeitasse os outros como gostaria que me respeitassem. De momento agradeço-lhe tanta sabedoria”, acrescentou.

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.