O polonês Robert Lewandowski foi eleito nesta quinta-feira o melhor jogador do mundo pela primeira vez na carreira. O atacante da equipe alemã do Bayern de Munique marcou 45 gols na temporada e foi um dos destaques na campanha vitoriosa da Liga dos Campeões da Europa.

            O atacante também conquistou neste período o Campeonato Alemão e a Copa da Alemanha. Com o resultado anunciado pela Fifa, o jogador superou neste ano nomes já consagrados do futebol, como Cristiano Ronaldo e Lionel Messi.

            Companheiro de equipe de Lewandowski no Bayern de Munique, o alemão Manuel Neuer conquistou o prêmio de melhor goleiro. Ele superou o brasileiro Alisson, do Liverpool, e o esloveno Oblak, que defende o Atlético de Madri. Também foi a primeira vez que o arqueiro ganhou este título. A Fifa divulgou ainda também que o alemão Jurgen Klopp, treinador do Liverpool, venceu na categoria melhor técnico.

            No futebol feminino, a melhor jogadora do ano é a inglesa Lucy Bronze, que joga na equipe também britânica do Manchester City. Já a melhor técnica foi Sarina Wiegman, escolhida após levar a seleção da Holanda ao vice-campeonato mundial.

            A premiação de gol mais bonito do ano, chamada Prêmio Puskas, foi conquistada pelo jogador sul-coreano Heung-min Son, do Tottenham (Inglaterra). No lance contra o Burnley, o atleta recebeu a bola próxima à área do próprio time e passou por toda a defesa adversária para marcar.

            E teve premiação também para brasileiro, mas não um atleta. Marivaldo Francisco da Silva, fanático pelo Sport de Recife, foi agraciado como o “Torcedor do Ano” na cerimônia da Fifa. Ele ficou famoso por andar 60 quilômetros para assistir às partidas do seu time na capital pernambucana.

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.