O comunicador lembrou o momento em que começou a sofrer de gaguez.

“Até pode não estar relacionado, mas foi nessa fase que comecei”, recordou.

“Lembro-me que existiam momentos que eram difíceis. Ler em voz alta ainda hoje nem sempre é muito fácil”, acrescentou.

Hoje em dia, o também modelo admitiu que tem “técnicas” que o ajudam para não sofrer de gaguez.

“Às vezes era quase frustrante pensares que tens um discurso na cabeça e ser quase como o raciocínio ser mais rápido do que a oralidade. As palavras estavam todas na minha cabeça mas não saíam no tempo certo”, contou.

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.